Acupuntura como tratamento auxiliar do câncer

Acupuntura como tratamento auxiliar do câncer

Acupuntura diminui a gravidade e intensidade de vômitos e náuseas em pacientes submetidos à quimioterapia. É o que confirma a tese de doutorado apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

RESUMO: O objetivo deste estudo é avaliar a eficácia de duas técnicas de Acupuntura no controle da náusea e vômito em pacientes portadoras de Carcinoma Invasivo de mama, submetidas à quimioterapia anti-neoplásica.

MÉTODO: Foram incluídas no estudo 64 pacientes no período de março de 2003 a fevereiro de 2007, do Hospital A.C. Camargo, com diagnóstico anatomopatológico de carcinoma invasivo da mama, candidatas à quimioterapia adjuvante com esquemas que incluem doxorrubicina e ciclofosfamida.

O estudo foi realizado no primeiro ciclo de quimioterapia. As pacientes foram randomizados em 3 grupos: As pacientes do grupo A, receberam tratamento antiemético convencional com medicamentos. As pacientes do grupo B, receberam o tratamento antiemético convencional e aplicação de Acupuntura Clássica. As pacientes do grupo C receberam tratamento convencional e aplicação de Acupuntura Auricular.

As pacientes foram submetidas à auto-avaliação nos primeiros 21 dias após o início da quimioterapia, e conforme os critérios da Common toxicity criteria of the National Cancer Institute (NCI CTC), preencheram a ficha de coleta de dados em relação à náusea e vômito neste período.

RESULTADOS: Quanto à náusea do primeiro ao sétimo dia, encontramos pelo teste de Kruskal-Wallis diferença significativa (p=0.040), sugerindo que a Acupuntura diminui a intensidade de náusea deste período, e quanto à duração de dias de pior intensidade também foi significativo (p=0,037), ou seja, a Acupuntura diminui os dias de pior intensidade.

Quando utilizamos o teste de Mann-Whitney encontramos diferença significativa da intensidade de náusea somente entre os grupos A e B (p=0,013), significando que a Acupuntura Clássica diminui a intensidade de náusea em relação ao grupo controle.

Em relação aos dias de pior intensidade de náusea encontramos diferença entre os grupos A e B (p=0,043) e entre grupos B e C (p=0,010) ou seja, a Acupuntura Clássica diminui os dias de pior intensidade de náusea em relação aos grupos controle e Acupuntura Auricular.

Quanto à gravidade do vômito, do primeiro ao sétimo dia, encontramos pelo teste de Kruskal-Wallis diferença significativa (p=0,036) entre os grupos, sugerindo que a Acupuntura diminui a gravidade de vômitos. Pelo teste de Mann-Whitney entre os grupos A e B encontrou-se diferença significativa (p=0,017), ou seja, a Acupuntura Clássica diminui a gravidade de vômitos comparado ao grupo controle.

Quanto ao número de dias de vômito de pior grau entre o primeiro e o sétimo dia encontramos ao aplicar o teste ANOVA diferença significativa entre os grupos (p=0,029), sendo que a Acupuntura diminui o número de dias com vômito.

O teste t aplicado para os grupos em pares revelou entre grupos A e B (p=0,035), portanto, a Acupuntura Clássica diminui o número de dias de vômito comparado ao grupo controle.

Ao estudarmos a intensidade de náusea entre oitavo e vigésimo primeiro dia encontramos pelo teste de Kruskal-Wallis entre os grupos diferença significativa (p=0,022), sendo que a Acupuntura diminui a náusea entre oitavo e vigésimo primeiro dia. Pelo teste de Mann-Whitney entre grupos aos pares encontrou-se diferença significativa entre os grupos A e B (p=0,016), houve diferença entre grupos A e C (p=0,049).

Portanto, há diferença significativa entre grupos B e C em relação ao grupo A, ou seja, a Acupuntura Clássica e Auricular diminuem a náusea entre oitavo e vigésimo primeiro dias em relação ao grupo controle.

CONCLUSÃO: A Acupuntura Clássica diminui a intensidade e duração de náusea e vômito do primeiro ao sétimo dia pós-quimioterapia. A Acupuntura Clássica e Auricular diminuem a intensidade de náusea do oitavo ao vigésimo primeiro dia pós-quimioterapia.

Fonte: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-24102007-154453/

Atendemos a domicílio no conforto de sua residência, ligue agora e agende sua consulta:
(75) 3335.2290 ou (75) 98306.7689

Obs.: Os valores podem variar dependendo da localidade, ligue e consulte.

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!