Virose, Infecção Intestinal e a Diarréia segundo a MTC

Virose, Infecção Intestinal e a Diarréia segundo a MTC

A Definição de diarréia é: evacuação freqüente de fezes moles ou aquosas.

Para a Medicina Tradicional Chinesa, esta Patologia está associada à disfunções do Baço-Pâncreas, do Estômago, dos Intestinos Delgado e Grosso além do possível envolvimento do Fígado e do Rim.

Porém, sempre que um indivíduo desenvolve diarréia, é fato que o órgão mais afetado é o Baço-Pâncreas. São raras as diarréias que afetam somente os intestinos. Doenças freqüentemente associadas aos Intestinos na Medicina Ocidental, são frequentemente associadas ao Baço-Pâncreas na Medicina Chinesa.

O que pode causar a Diarréia, segundo a visão Oriental?

1. Invasão de fatores patogênicos externos - FRIO, UMIDADE, CALOR:

- O simples fato de uma pessoa passar por mudança brusca de clima já pode desencadear a diarréia, por exemplo, sair de Brasília onde o clima é seco e ir à Ubatuba onde o clima é úmido, pode gerar uma indisposição intestinal, por invasão da própria umidade local.

-Além disso, a exposição ao frio, umidade, vento e a permanência por longo período com roupas úmidas (como biquínis, sungas, roupas suadas de atividade física), obstruem as funções de transformação e transporte do Baço-Pâncreas, Estômago e Intestinos.

É necessário saber que o Baço-Pâncreas possui a responsabilidade de remover a umidade do organismo. Quando existe uma invasão de vento-frio, umidade ou ainda somente o frio (que se junta facilmente à umidade), o Baço fica facilmente sobrecarregado, deixando então de remover a umidade do corpo. O excesso de umidade, pode então, ser transportado para o Estômago e para os Intestinos, fazendo com que as fezes fiquem excessivamente úmidas e mal formadas.

- Invasão de Calor - o calor e a umidade de algumas cidades e regiões pode também invadir o corpo, quando o indivíduo se encontra com uma energia de defesa baixa. O calor causa amolecimento das fezes que junto à umidade causará diarréia severa. As doenças de calor são caracterizadas por febre, queimação e no caso da diarréia, as fezes se tornam fétidas.

2. Alimentação irregular - Para a Medicina Chinesa, pode ser considerada alimentação irregular: ter muitas horas de pausa entre uma refeição e outra; comer alimentos de baixa qualidade; comer de forma inadequada, como com pressa, assistindo TV, em pé, etc.

- A má alimentação, consumo excessivo de frios, doces e gordurosos, assim como alimentos estragados ou por demais frios ou quentes obstruem as funções de transformação e transporte do Baço-Pâncreas. Neste caso, toda a umidade gerada no processo digestão, por ser densa, acaba sendo direcionada para baixo, invadindo estômago e intestinos, gerando diarréia.

3. Estresse emocional - preocupação e ansiedade excessivas debilitam o Baço-Pâncreas. Sentimentos ruins mantidos por longo período acabam estagnando o Qi dos órgãos, neste caso, mais especificamente o Baço-Pâncreas, que ao ter sua energia estagnada, começará a falhar em remover a umidade do corpo, gerando então, a diarréia.

A Raiva, que afeta o Fígado, também afeta Baço-Pâncreas; Justifica-se tal fato através da lei do Ciclo de Controle. Quando há um excesso no Fígado, facilmente o Baço entrará em deficiência, mais uma vez deixando a umidade no corpo, podendo gerar diarréia.

Com isso, vemos a importância de fazer as refeições em momentos prazerosos, banindo emoções e sentimentos de energia desqualificada.

4. Excesso de trabalho, de atividade física e sexual – todos esses excessos também depauperam o Baço-Pâncreas, e podem provocar diarréia.

Observações:

- umidade é o fator patogênico mais freqüente na diarréia

- toda doença crônica enfraquece o Baço-Pâncreas e pode propiciar diarréia (São exemplos de doenças crônicas: diabetes, fibromialgia, reumatismo, artrite, gordura no fígado, etc)

- a diarréia pode ser aguda (súbita: acompanhada de dor abdominal, neste caso dura poucos dias) ou crônica (quando o patogênico externo se aprofunda e se transforma em interno, podendo durar algumas semanas e até mesmo meses).

- Além da acupuntura, o tratamento fitoterápico é largamente recomendado nos eventos de diarréia aguda ou crônica, havendo grande variedade de ervas com propriedades gerais e específicas para os diferentes padrões e manifestações.

-Podemos ainda dividir as diarréias em crônicas ou agudas, por condições de excesso oudeficiência, como se segue:

A) Retenção de Umidade-frio (excesso):

Sintomas: diarréia aquosa, em casos severos com dor abdominal, borborigmo, sensação de opressão no tórax e de peso, inapetência, possível febre, aversão ao frio, obstrução nasal, cefaléia. Língua com saburra espessa, pegajosa, branca.

B) Invasão de Umidade-calor (excesso):

Sintomas: fezes fétidas e amareladas, dor abdominal, aceleração movimentos intestinais, ardência no ânus,  sensação de calor, sede, urina escura e escassa. Língua com saburra espessa, pegajosa, amarela.

C) Retenção de alimentos (excesso):

Sintomas: fezes soltas com odor pútrido, dor abdominal que é aliviada por movimentos intestinais, má digestão, borborigmo, sensação de plenitude, eructação, regurgitação ácida, mau hálito, inapetênciaLíngua com saburra espessa.

D) Estagnação Qi do F (excesso):

Sintomas: diarréia que pode se alternar com obstipação, distensão abdominal, eructação, inapetência,depressão mental, melancolia, nervosismo, irritabilidadeLíngua com as laterais ligeiramente avermelhadas ou sem alteração.

E) DEFICIÊNCIA do BP e E (deficiência):

Sintomas: fezes soltas que podem ser aquosas e com muco, aceleração movimentos intestinais, pouca inapetência, leve distensão abdominal, sensação de opressão tórax e fadiga, tez amarelada. Língua pálida com marcas dentais.

F) DEFICIÊNCIA de Yang do R (deficiência):

Sintomas: diarréia matinal, dor abdominal, borborigmo que cessa após movimentos intestinais, fraqueza nas costas e joelhos. Língua pálida com marcas dentais.

Para você que vai sair de férias fica a dica: Não se estresse, cuide bem de sua alimentação e acima de tudo, esteja vestido adequadamente para cada mudança de clima. Na maioria das vezes, a “virose” da Medicina Ocidental nada mais é, para a Medicina Chinesa, que uma dificuldade do organismo para se adaptar a mudanças muito bruscas, sendo assim, pode ser perfeitamente evitada. Depende somente de nós.

Atendemos a domicílio no conforto de sua residência, ligue agora e agende sua consulta:
(75) 3335.2290 ou (75) 98306.7689

Obs.: Os valores podem variar dependendo da localidade, ligue e consulte.

Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!